| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

ANONYMOUS AROUND
Desde: 05/03/2013      Publicadas: 85      Atualização: 25/04/2013

Capa |  Anonymous Around  |  BRASIL  |  Politica Internacional  |  Tecnologia  |  Wikileaks


 Politica Internacional

  19/03/2013
  0 comentário(s)


O que representa a visita de Obama a Israel?

A visita de Obama a Israel, prevista para acontecer no dia 20 de março, tem como objetivo aproveitar a dispersão das forças da direita em vários partidos para impôr ao primeiro ministro Netanyahu pelo menos parte da sua política para o Oriente Médio.

O que representa a visita de Obama a Israel?
Netanyahu está vinculado aos setores da ultradireita norte-americana, ao Tea Party e às várias organizações sionistas, a começar pela poderosa AIPAC. É uma política incendiária e de força, mas que, na prática, se encontra muito ofuscada pelo enfraquecimento do imperialismo e o avanço revolucionário no Oriente Médio. As ameaças contra o Irã, por exemplo, são impossíveis de concretizar-se sem a intervenção direta do Pentágono. Mas o fato ainda mais importante é que a crise alcançou niveles tão profundos que o próprio governo dos aiatolás se converteu em um fator de estabilidade na região.

A crise entre as políticas das duas alas do imperialismo para o Oriente Médio ficou exposta com o escândalo da embaixada na Líbia que levou a renuncia do chefe da CIA, o general Petraeus. Tanto nesse caso, como no da transferência do responsável pelas tropas norte-americanas no Afeganistão não tem nenhuma relação com os publicitados escândalos sexuais. Esses generais representavam uma ala do imperialismo que pugnava por concentrar os esforços de contenção das revoluções árabes no aumento dos acordos com a direita árabe, deixando os sionistas israelense num segundo plano. Netanyahu encabeçou sionista a reação a essa política, principalmente porque estava em jogo a ajuda militar de US$ 3 bilhões anuais, o papel de aliado preferencial no Oriente Médio e o acesso a tecnologia militar de última geração. Estes aspectos representam condições vitais de sobrevivência da economia israelense e do próprio estado sionista.

Nos últimos anos, a economia esteve focada na produção de tecnologia de segurança e militar, assim como na venda de serviços militares. Esse é um dos fatores que explica a drástica redução do uso da mão de obra palestina, substituída, em grande medida, pelos imigrantes russos, e até a drástica mudança da política sobre essa questão depois dos acordos de Camp David. Agora, os setores sionistas majoritários buscam implantar a Grande Israel, varrendo do mapa os palestinos.

O calcanhar de Aquiles da política sionista para o Oriente Médio

Enquanto a crise no Oriente Médio continua a se aprofundar, os movimentos guerrilheiros nacionalistas avançam ameaçando se fortalecer no Cáucaso, na Ásia Central, no sul da Rússia e na África.

As contradições têm aumentado e ameaçam romper a atuação em bloco que tem predominado desde a Segunda Guerra Mundial. Por trás do Irã, Catar e Turquia está o imperialismo europeu, com a face que aparece (o imperialismo francês) e a face oculta (o imperialismo alemão). A política do "bloco europeu", apesar das contradições internas, tem contradições muito maiores com os sionistas israelenses e a Arábia Saudita, os dois aliados preferenciais do imperialismo norte-americano.

A recente visita a Turquia do novo Secretário do Departamento de Estado norte-americano, John Kerry, teve como principal objetivo aparar as arestas e buscar pontos de atuação comum contra o avanço revolucionário. Além da retórica, o primeiro ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, abriu uma embaixada na Cisjordânia; iniciou a construção do gasoduto que tem como origem o Irã, que poderá abrir una via de fornecimento alternativo para a Europa, além dos gasodutos controlados pela russa Gazpron e pelas multinacionais norte-americanas; e estreitou os laços com o Curdistão iraquiano, o que também lhe serve às pretensões de converter-se num hub energético e como instrumento contra o movimento nacionalista curdo interno, passando por cima dos interesses de Bagdá, o que tem o potencial de aumentar a desestabilização do Iraque onde os Estados Unidos mantem fortes interesses econômicos.

Os fatores materiais que estão na base da política sionista para o Oriente Médio têm como calcanhares de Aquiles principais um interno e o outro externo. O aprofundamento da crise capitalista despertou os protestos da população israelense que protagonizou várias manifestações com a participação de centenas de milhares de pessoas nos últimos 20 meses. Ao mesmo tempo, a política sionista tende a incendiar o Oriente Médio.

A hegemonia mundial do imperialismo norte-americano tem como um dos pilares os petrodólares, que estão na base do controle da especulação financeira pelas multinacionais norte-americanas com as multinacionais britânicas a reboque.

Os petrodólares são viabilizados pela venda de petróleo em dólares pelas seis reacionárias monarquias do Golfo Pérsico (Arábia Saudita, Kuwait, Omã, Catar, Bahrein e os Emirados Árabes Unidos) e permitem aos Estados Unidos inundar a economia mundial com moeda podre simplesmente acelerando as maquinas de impressão. Este é um aspecto vital da sobrevivência como potência. O principal produto das exportações norte-americanas é a moeda podre chamada dólar.

Uma crise de ampla dimensões, principalmente na Arábia Saudita, dispararia as taxas de juros nos Estados Unidos às alturas. Hoje se encontram em torno a 1% al ano. A simples volta dos percentuais ao nível da década de 1980, quando superaram os 20%, levaria o País à bancarrota.

As multinacionais sobrevivem parasitariamente em cima dos recursos públicos, obtidos de maneira artificial, mediante esse tipo de mecanismos, a baixíssimas taxas de juros e conseguindo altas taxas de lucros na especulação financeira. Os atuais programas públicos de compra de títulos podres, pelo valor nominal, repassam US$ 83 bilhões mensais. Os empréstimos concedidos pela Reserva Federal aos bancos são muitas vezes maiores.

Em resumo, o incêndio do Oriente Médio, além de conduzir à revolução em países secundários (sob o ponto de vista da revolução proletária mundial) da região, o que já é muito importante, tem o potencial de levar a principal potência mundial à lona, à hiperinflação e à depressão económica, em escalas nunca antes vistas, com um potencial de contágio mundial de proporções colossais.
  Autor: Fama Negra


  Mais notícias da seção Politica no caderno Politica Internacional
25/04/2013 - Politica - Saiba quais são as empresas que rejeitaram a Medida Provisória de redução de tarifa de energia eletrica
Cemig se junta à Cesp e para rejeitar a adesão ao pacote elétrico do governo Dilma. Empresas que rejeitam projeto federal, a maioria controlada por partidos oposicionistas, respondem por 25% da energia gerada no país e podem comprometer redução de tarifas....
25/04/2013 - Politica - Anonymous critica Japão por boicote ao navegador Tor
Anoymous respondeu com um vídeo de repúdio a intenção da polícia japonesa de bloquear o navegador Tor, que garante anonimato na rede, utilizado para chegar à Deep Web....
19/04/2013 - Politica - Moradores de Boston usam Google Docs para ajudar vítimas
Moradores de Boston, nos Estados Unidos, criaram uma lista de maneira colaborativa no Google Docs em que disponibilizam hospedagem para vítimas, parentes e voluntários envolvidos nas explosões que ocorreram na cidade nesta segunda-feira, 15....
19/04/2013 - Politica - Farc perdeu metade dos seus homens em 10 anos, diz ministro colombiano
O Ministério da Defesa da Colômbia informou hoje que os grupos guerrilheiros que actuam no país perderam mais da metade dos seus integrantes ao longo da última década....
19/04/2013 - Politica - Conheça o sistema econômico.
Que nossa sociedade está doente não é novidade alguma, o problema é que estamos combatendo os sintomas e não as causas da doença, por pura ignorância....
19/04/2013 - Politica - Membro do LulzSec é condenado a um ano de prisão por invadir a Sony
Cody Kretsinger vazou informações de mais de 1 milhão de contas dos servidores da empresa, que teve prejuízo de mais de US$600 mil....
05/04/2013 - Politica - Lei que pune crimes virtuais entra em vigor
A lei que tipifica crimes cibernéticos, chamada de lei Carolina Dieckmann, entrou em vigor nesta terça-feira no Brasil. O nome é uma referência à atriz, que teve fotos íntimas publicadas depois que seu computador foi invadido....
05/04/2013 - Politica - Ricardo Coutinho aumenta ICMS sobre energia elétrica para 720 mil residências paraibanas
Após a presenta Dilma Rousseff anunciar dia 11.09.2012 que o preço da energia cairia em média 16,2% para os consumidores residenciais, o Governador Ricardo Coutinho sancionou lei que aumenta de 20% para 25% a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviço " ICMS para residências que tenham consumo de energia elétrica acima de 50 kwh....
05/04/2013 - Politica - Daniel Dantas, solto ainda por que?
Daniel Dantas esta solto por ai, e este sujeito é nada mais nada menos a prova de que, aqui no Brasil quem manda é o dinheiro e não a justiça. Veja abaixo documentos obtidos de servidores da Policia Federal, aonde os mesmos provam que o próprio deveria estar preso a muito tempo....
05/04/2013 - Politica - Marco Feliciano diz que comissão era "dominada por Satanás"
O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) disse durante culto na cidade mineira de Passos, na última sexta-feira (29), que o espaço que hoje ele ocupa, a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, "até ontem era dominado por Satanás".Antes de começar o culto, Feliciano disse que queria explicar o motivo das manifestações contra ele. "Essa man...
02/04/2013 - Politica - Eduardo Azeredo faz comparações entre os Mensalões do PSDB e do PT
Eduardo Azeredo, que em 2007 foi denunciado formalmente pelo procurador Antônio Fernando de Sousa, junto ao Supremo Tribunal Federal, pelo conhecido "mensalão mineiro", como ""um dos principais mentores e principal beneficiário do esquema implantado.", em entrevista concedida comparando o mensalão petista e o mensalão tucano, disse: "São processos...
25/03/2013 - Politica - Manifestação de mulheres trabalhadoras denuncia violência machista e exigem políticas de proteção em Natal
Centenas de mulheres foram às ruas da capital potiguar no dia 8 de março para exigir dos governos investimentos reais que garantam a aplicação e ampliação da Lei Maria da Penha....
25/03/2013 - Politica - Aldeia Maracanã: polícia imobiliza e leva gestante
O clima segue tenso no prédio do antigo Museu do Índio, ocupado desde 2006 por índios de diversas etnias. Uma mulher grávida acaba de ser cercada e imobilizada por Policiais do Batalhão de Choque que, mesmo sob protestos, a colocaram em um camburão. A PM não informou qual seria o destino da mulher....
25/03/2013 - Politica - Estudantes coletam 60.000 assinaturas em defesa dos 72 da USP
Estudantes realizam panfletagem, coleta de assinaturas e campanha financeira em defesa dos 72 da USP no centro de São Paulo...
21/03/2013 - Politica - Yoani Sánchez visita Casa Branca
Yoani Sánchez blogueira cubana visitou nesta quarta-feira a Casa Branca e se reuniu com o Ricardo Zúñiga, assessor do presidente Barack Obama, com quem falou de seus esforços para promover a liberdade de expressão em Cuba....
19/03/2013 - Politica - Desmatamento cresce 192% no Estado do Amazonas
O Estado liderou o ranking do desmatamento no espaço de tempo avaliado pela pesquisa do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), seguidos pelo Pará e Mato Grosso...
19/03/2013 - Politica - Opinião e objetivo da OAB sobre...
José Eduardo Cardozo discursou em posse de nova direção na OAB. Presidente da OAB defendeu mudança em financiamento de campanhas....
18/03/2013 - Politica - Menos da metade do orçamento previsto em 2012 para a Política Nacional de Defesa foi gasto.
Passados quase onze meses do ano, apenas 36,6% (R$ 5,6 bilhões) dos recursos previstos no Orçamento Geral da União para o programa Política Nacional de Defesa (PND) foram aplicados. Com o montante de R$ 15,2 bilhões autorizados (21,7% do total do ministério), a rubrica é o principal programa temático da Pasta....
18/03/2013 - Politica - Auxílio-reclusão pagou R$ 434 milhões para famílias de presidiários em 2012
A Previdência Social pagou R$ 434 milhões em auxílio-reclusão no ano passado. O valor é 18% maior do que o de 2011, quando foram pagos R$ 368,3 milhões em benefícios. O valor pago em 2012 é o maior dos últimos anos. O aumento coincide com o crescimento da população carcerária no país. Segundo dados do Ministério da Justiça, o número total de presos...
06/03/2013 - Politica - Procurador da Câmara solicita a justiça que censure os vídeos na Internet e esquece de solicitar a justiça que investigue as denuncias e reclamações citadas no vídeos.
O deputado Claudio Cajado (DEM-BH) que está ocupando a uma semana o cargo de procurador da câmera reclama dos movimentos sociais de protesto através de vídeos, blogs, sites, e solicita que seja retirados e apagados os conteúdos da qual falam a desfavor da má conduta dos políticos do parlamento....
05/03/2013 - Politica - O partido LIBER garante uma bela ideologia...
O partido Libertários está recolhendo assinaturas para contribuir com o seu movimento politico, pois a filosofia do Libertarianismo é o que faz esse partido ser interessante. No site http://libertarios.org.br está as suas propostas e notícias, pois quem participa diretamente ou indiretamente tem os mesmos direitos de compartilhar os próprios conhec...



Capa |  Anonymous Around  |  BRASIL  |  Politica Internacional  |  Tecnologia  |  Wikileaks
Busca em

  
85 Notícias